terça-feira, 9 de julho de 2013

amor em minúscula

Samuel vive sozinho. Além de dar aulas de literatura, as únicas coisas que faz é ir ao supermercado e visitar a irmã no Dia de Reis. Logo no início do livro, narrado em primeira pessoa, ele nos descreve seu réveillon. Mesmo sem expectativa em relação a algo mais empolgante, rende-se ao ritual de passagem de ano: separa doze uvas e abre a pequena garrafa de espumante que comprou. Feito o brinde solitário, vai dormir pensando nas provas que restam para corrigir e no medo que sente de morrer e seu corpo só ser encontrado muito tempo depois.

No dia seguinte, depara-se com um gato a arranhar sua porta. Ao abri-la, verá que a vida é muito mais que o dicionário de palavras que só existem num único idioma, seu livro de cabeceira. Resolve acolher o bichano a quem chama de Mishima, nome que rouba do escritor japonês em sua estante. E, por meio do gato, ele chega até a gentil veterinária, ao velho redator que mora no andar de cima - e a quem vai ajudar a escrever um livro -, ao cara que se diz perseguido por conhecer a face oculta da lua, ao rapaz que só fica dezessete minutos no bar e ao amor que teve na infância, a Gabriela. Ou seja, tudo fica mais interessante. Até mesmo o protagonista ganha certo ar sedutor.

O livro, com um 'quezinho' de autoajuda, fala do efeito borboleta: "o movimento das asas da borboleta que causa um cataclismo do outro lado do globo." É isso que acontece com Samuel. Ele passa a acreditar na corrente do bem. Senão pelas sessões de motivação, "Amor em minúscula", do espanhol  Francesc Miralles, vale pelas várias dicas de livros. Já anotei 'A falha', do grego Antonis Samarakis (esgotado) e o tal dicionário 'They have a word for it', de Howard Rheingold, com palavras sem tradução, como a nossa 'saudade'. Romance breve e gostoso de ler. Ah, também fala sobre os felinos e o amor que eles promovem. "Os gatos podem sorrir?" Sim, claro!


A obra 'O caminhante sobre o mar de névoa', do pintor alemão
 Caspar David Friedrich, rende boas divagações no livro

Deixe seu comentário e compartilhe suas leituras :-)

Nenhum comentário:

Postar um comentário