domingo, 26 de agosto de 2012

a estrela curiosa

Você sabe como se faz uma estrela? É fácil: "pegue um pouco de pó de Lua, misture com farinha de astros, incendeie com fogo do Sol e mexa com muito carinho!" Pronto. Agora é só moldar as estrelinhas e entregá-las às fadas que vão pendurá-las no céu com fios invisíveis. Essa receita está no livro "A estrela curiosa", de Walcyr Carrasco, autor de teatro, novelas, minisséries e também escritor de livros infantis. Mas como cada estrela tem sua própria personalidade (e até características físicas distintas), uma delas nasce com incrível inquietação. Fica a balançar seu fio invisível de um lado para outro. Tudo para não perder de vista o que acontece ao seu redor. Balança tanto que o fio não resiste e arrebenta. E a estrelinha cai, cai e cai. Valeu a pena tanta curiosidade? Pode ser que sim. As crianças que tiveram contato com o livro aprovaram o desfecho interplanetário, muito bem ilustrado por Eduardo Burato.E essa que vos escreve ainda está aqui a refletir sobre a origem dos cometas, estrelas cadentes e sonhos cósmicos.


Nenhum comentário:

Postar um comentário