sexta-feira, 27 de dezembro de 2013

15 livros e 15 viagens pelo mundo

Que tal viajar por meio dos livros? Aqui está uma relação de romances que, além de serem ótimos, ainda nos dão detalhes de lugares que merecem ser visitados. Enjoy :-)

Portugal



Trem noturno para Lisboa, de Pascal Mercier
Verdadeiro passeio pelas vielas de Lisboa junto com Gregorius, professor suíço que larga a aula pela metade e parte para Portugal, logo após ser seduzido pela beleza do sotaque lusitano.

As pequenas memórias, de José Saramago
A ideia que tenho das aldeias portuguesas foi reforçada (e confirmada) com a leitura da autobiografia da infância e adolescência de Saramago. 

Estados Unidos



O sofá laranja, de Fania Szydlow Benchimol
O livro traz cartas, confusas e nostálgicas, de uma mulher ao marido. Elas foram encontradas no outono de Nova York, em algum banco do Central Park.

Garota exemplar, de Gillian Flynn
O casal sai de Nova York para morar na cidade natal do marido, no centro-oeste norte-americano. Daí, a esposa desaparece e quem é o suspeito? Suspense e surpresas às margens do rio Mississipi.

Itália



Mil dias em Veneza e Mil dias na Toscana, de Marlena de Blasi
Os textos narram as aventuras da autora por essas duas regiões italianas. Na primeira encontra o marido que será o companheiro da segunda jornada. Dá vontade de se perder por lá. Com muito pão, azeite, alecrim e vinho.

Inglaterra


Charlotte Street, de Danny Wallace
É na famosa rua londrina que o personagem principal ajuda uma moça a entrar num taxi. Na empolgação, acaba ficando com a máquina fotográfica dela. O livro tem sabor de seriado. Poderia muito bem ser desmembrado em vários episódios na bela Londres.

A casa das orquídeas, de Lucinda Riley
Aqui a viagem é pelo interior inglês, seus condados e jardins bem cuidados. Aliás, foi isso que eu mais gostei no livro, que deve ser lido com uma taça de vinho rosé, a exemplo dos personagens.

Brasil



Nihonjin, Oscar Nakasato
Lindo romance que trata da imigração dos japoneses no Brasil. A história começa pelo interior de São Paulo e termina no bairro da Liberdade, na capital paulista. Comovente.

Primeiro romance de Hatoum. Tal qual os que vieram depois, traz imigrantes libaneses e como se adaptaram a Manaus e à floresta. A partir de várias vozes, acompanhamos a construção do passado da protagonista.

Japão



1q84, de Haruki Murakami
São três volumes aqui no Brasil. O último foi lançado há pouco tempo. O romance tem várias dimensões e nos instiga a pensar se realmente estamos aqui ou se aqui é ali (?). Acompanhamos os passos e devaneios de Tengo e Aomame em Tóquio. Ótimas referências literárias, musicais e históricas.

Chile



A contadora de filmes, de Hernán Rivera Letelier
O autor nos aproxima do deserto de Atacama, conhecido como o mais solitário do mundo. Fala sobre uma família apaixonada por cinema e como a carência de recursos fez com que eles assistissem aos filmes pela voz e gestos da caçula.

Pelo mundo


A viagem de théo, de Catherine Clément
Viagem pelas religiões e os países que melhor as representam. Excelente aula sobre história, cultura e, principalmente, sobre a origem das principais crenças. Passagens por Israel, Índia, Brasil, Itália, Egito, Japão etc.

O silêncio das montanhas, de Khaled Hosseini 
Aqui passamos pelo Afeganistão, Grécia, França e Estados Unidos. Mostra pessoas que por algum motivo tiveram que sair de seus países, com tradições muito distintas, e que subitamente se viram em outra cultura.

Travessuras da menina má, de Mario Vargas Llosa
Por meio do romance cheio de idas e vindas de Ricardo Somocurcio com sua ‘Chilenita’nós ganhamos uma brilhante viagem literária por Paris, Londres, Tóquio e pelo litoral peruano.

O tempo entre costuras, de María Dueñas
A narração é feita pela protagonista, Sira Quiroga, e passa pelos bastidores de dois grandes conflitos, a Guerra Civil Espanhola e a Segunda Guerra Mundial. Isso nos leva a passeios pela Espanha, Marrocos e Portugal. E com uma história fascinante que não dá para largar.


Nenhum comentário:

Postar um comentário